Google
 

terça-feira, 20 de maio de 2008

Roberto Victorio (1959)


ROBERTO VICTORIO nasceu no Rio de Janeiro em 1959. Concluiu o curso Superior de Violão na FAMASF-Rio e pela Universidade Federal do Rio de Janeiro obteve os títulos de Regência (bacharelado) e Composição (mestrado). Foi professor de composição e orquestração do Conservatório Brasileiro de Música do Rio de Janeiro; regente e diretor musical da Orquestra de Câmara do Rio de Janeiro; regente do Grupo Música Nova da UFRJ, até 1993 ; e bolsista da Fundação Rio Arte e Fundação Vitae para os programas de composição, respectivamente em 1996 e 2000.

Como Compositor tem em seu catálogo mais de duas centenas de obras executadas nos principais eventos de música contemporânea fora do país, tais como: Festival de Música Nova de Zurique, Hamburgo, Nova Iorque, Budapeste, Bourges, Grösnjan, Montevidéu, Santiago, Genebra, Estocolmo, Tóquio e Cluj Napoca; além de ativa participação em todos os eventos ligados à música contemporânea no Brasil, como compositor e regente.


É professor do Departamento de Artes e Coordenador do Curso de Pós Graduação em Música Brasileira da UFMT; regente e diretor musical do Grupo Sextante - música contemporânea; membro da Sociedade Brasileira de Música Contemporânea. Doutor em Estruturação Musical na Universidade do Rio de Janeiro(UNI-Rio) com pesquisa voltada para a música ritual dos índios Bororo de Mato Grosso.


* * *
.

1. Codex Troano (1987) - para 10 percussionistas [mp3]


Grupo de Percussão da UNESP
Regência: John Boudler
Coro de Câmara da Pró-Arte
Regência: Carlos Alberto Figueiredo
Grupo Música Nova da UFRJ
Regência: Roberto Victório
Grupo Metal Transformação Rio de Janeiro
Regência: Zdenek Svab
Rose Vic, soprano
Ronaldo Victório, tenor
Marcelo Coutinho, barítono


"A intenção em Codex Troano foi traçar um paralelo entre o percurso musical da obra e o código maia da criação, tendo como suporte a tradição cabalística hebraica, em estreita conexão com o percurso numerológico comum a ambos. Portanto, a finalidade foi transplantar ao universo musical as práticas e os percursos internos ritualísticos, na tentativa de transpor as percepções pelo envolvimento com a inexplicabilidade ritual, aliada à prática musical enquanto obra de arte."

.
Roberto Victorio - (clique aqui para ler artigo completo)

2. Tetraktys (1990) - para violão solo [mp3]
.
violão: Paulo Pedrassoli


"A “Divina Proportione” como modêlo pregnante do quaternário imaterial, propagado de uma fonte única incognoscível às esferas perceptíveis da materialidade, em sintonia com o poder gerativo da Tetraktys, como modelo de reprodução do alicerce sonoro da série, em um processo de materialização / imaterialização pela ascendência numeral e pelas transposições da estrutura inicial ( 1 - 4 ) à níveis superliminares. Desta forma, o modelo pitagórico, assentado na década, faz com que o Dez (10) seja um simples retorno à Unidade, ou uma projeção fragmentada do som / número primordial, onde a gama sonora (audível) é uma simples passagem e um curto descortinar pelo universo da materialidade."

.
Roberto Victorio - (clique aqui para ler artigo completo)

.
#Partitura de Tetraktys, clique aqui#


+obras para violão de R. Victorio: Violão com Fábio Zanon
.

3. Vattanan (1994) - para violoncelo e percussão

Cello: Dimos Goudaroulis
Percussão: Carlos Tarcha
.
I. Invocação [mp3]
II. Átrio [mp3]
III. Cântico de araés [mp3]
IV. Liturgia dos ciclos [mp3]
.

"O título da peça VATTANAN é uma variação idiomática de Vattan, língua utilizada nos ritos de iniciação pelos sacerdotes de povos muito antigos que abitavam a península de Yucatan, no México. Um idioma perdido no tempo, utilizado pelos Maias enquanto remanescentes diretos dessa etnia. O número quatro é o elemento unificador da obra: divide os movimentos, os acordes, a relação intervalar e as frases e períodos musicais. Esse elemento foi retirado da referência histórica da civilização de Yucatan, das quatro cidades sagradas, dos quatro pólos iniciáticos daquele povo."

.
(Eduardo Guimarães Álvares)


4. Sentinelas de Pedra (1996) - para grupo de câmara [mp3]
.
Grupo Sextante de Mato Grosso
.

5. Chronos IV (1999) - para contrabaixo e percussão [mp3]
.
Duo Abreu - Passos
.

6. Chronos X (2002) - versão para flauta solo [mp3]
.
Flauta: Odette Ernest


"Após constatarmos a enorme luta humana em desvendar os mistérios do tempo e suas ramificações - enquanto fenônemo multidimensional que tem o poder de transportar as realidades tridimensionais à uma outra esfera de existência como um continuum irretornável - e adentrarmos em suas consequências no âmbito musical, como manifestação e percepção geradora, concluímos que, apesar de todos os caminhos apontarem para o viés da “noção de tempo” como uma nova abordagem do modelo perceptivo (e todos os seus afluentes), o vislumbre deste estado temporal, ou fluxo imanente que perpassa a tudo e a todos, e que, inegavelmente, causa impressões distintas em nós, seres tridimensionais, resume-se a uma pré-percepção do espaço-tempo quadridimensional."

.
Roberto Victorio - (clique aqui para ler artigo completo)


* * *

página de Roberto Victorio, clique aqui.



9 comentários:

wmb disse...

Donanfer, muito obrigado pelo post, é sempre bem-vinda música do Roberto Victório. Só estava notando que o link do Chronos X está, na verdade, direcionando para o Chronos IV.

Grande abraço

Donanfer disse...

wmb, vou corrigir o link de Chronos X. Obrigado pelo aviso.
Fiz meio às pressas (sob a batuta de "Chronos", e ainda pretendo completar o post com mais obras dele, que muita gente desconhece...)
Abraço!

Yuri disse...

Professor donanfer, colega oráculo, e desconhecido wmb... (sem ofenças ;) )postei algo que possa interessar a vocês em meu blog http://concertopara.blogspot.com/.
o concerto para gaita e orquestra do villa-lobos e um concerto para citara e orquestra do ravi shankar. eu sei que o villa é do interesse do blog então vim aqui avisar aos amigos!
ps. estou esperando os discos de violão donanfer para postar em meu outro blog, o universo violonistico.
abraço galerinha!

Yuri disse...

Gostaria de saber se algum de voces tem o Sexteto Místico do Villa-lobo? eu só tenho a primeira peça. assisti o começo em brasilia no ultimo curso de verão da escola de musica e desde então estou procurando o audio dessa obra... se alguém puder me ajudar eu ficaria grato ou pelo menos me mostra onde posso achar...
abraço!
Yuri.

Yuri disse...

Por favor colegas, postem os discos no rapidshare! o mediafire esta cada vez pior, eu ja não o uso mais em meus blogs...

wmb disse...

Eu ainda prefiro, na atual conjuntura, manter o mediafire, embora o ideal talvez fosse colocar links em mais de um hoster. A vantagem do mediafire é que os links não expiram (e como música brasileira de concerto não tem uma procura gigante, se colocar no rapidshare, ora ou outra os links vão começar a expirar, o que acabará dando mais trabalho) e que é possível usar gerenciador de downloads. Por outro lado, aquela história de gatinhos no rapidshare é de doer.

Yuri disse...

rapaz! WMB! me envie tudo oq ue tiver do sexteto místico! eu quero muito esse material! e muito obrigado pelos links! vou baixa-los e postar no concertopara! valeu mesmo cara! grande abraço!

Yuri disse...

aí vai meu email: universo.violonistico@gmail.com
me mande um email que ai eu te respondo com um outro email que fica mais facil para eu usar. (é que é hotmail... entende né)
valeu pelo sexteto mistico!

Júlio César disse...

Olá Corredor! Tudo em paz? Gostei de te achar na net. Muito bom seu blog! Ótima semana e boas corridas!
Abraços,
JC

pensando clássicos Headline Animator

Orkut: Comunidade Música Brasileira de Concerto

Um espaço para todos os visitantes deste blog, onde poderemos trocar idéias para futuro do blog, discutir temas relativos à música brasileira e também nos conhecer.

Comunidade Música Brasileira de Concerto